O que é a taxa de rejeição?

O que significa uma taxa de rejeição?

Uma taxa de rejeição é a duração do tempo usada para calcular, em porcentagem, todas as visitas únicas à página. Em outras palavras, são pessoas que saem do site sem visitar a segunda página. Principalmente, o Google Analytics não receberá nenhum acionador se o visitante não ultrapassar a página inicial.

Escusado será dizer que, o objetivo final é sempre reduzir o número de taxas de rejeição, de modo a otimizar as taxas de conversão do seu site. Normalmente, uma taxa de rejeição é usada para medir as visitas gerais em que um indivíduo deixa seu site a partir do página de destino sem qualquer outro compromisso.

Essas informações são usadas como uma métrica para fornecer informações sobre o tipo de público-alvo que seu site atrai. Em adiantamento disso, ilumina você em quais páginas da Web, para ser preciso, você deveria renovar.

Por que é necessário medir a taxa de rejeição?

Notavelmente, a execução de um negócio on-line bem-sucedido vai além de simplesmente ter um website a bordo. Você precisa fazer ajustes nítidos por meio do uso de dados precisos de ferramentas avançadas, como o Google Analytics. Para começar, você precisa analisar suas taxas de conversão. Se eles são baixos, isso definitivamente seria uma bandeira vermelha.

É óbvio que as taxas de conversão baixas indicam que os visitantes saem do site sem executar nenhuma ação. Por exemplo, eles não fazem nenhuma compra. Indiscutivelmente, isso deve levantar um alarme. Talvez o processo de checkout seja complicado ou as páginas sejam lentas. Ao mesmo tempo, altas taxas de rejeição podem ser a razão pela qual você se sente frustrado com o baixo volume de vendas.

E isso não é tudo.

Altas taxas de rejeição podem ser um sinal de que suas páginas são de baixa qualidade. Se um visitante não encontrar nada atraente, você não espera que ele fique por perto. Além disso, pode haver a possibilidade de que o tipo de público-alvo atraído pelo site não corresponda ao conteúdo das suas páginas da web. Habitualmente, seu site precisa ser fácil de usar, para dizer o mínimo.

Então, aqui está como calcular uma taxa de rejeição.

Para fins de ilustração, vamos usar o Google Analytics para obter uma descrição clara de como reduzir os números precisos. A partir desse ponto, uma taxa de rejeição é calculada pelo número total de visitas de página única dividido pelo número total de sessões no seu site. Lembre-se de que a ferramenta Analytics captura todos os acionadores.

Ou seja, ele registra todas as sessões em que um visitante clicou apenas na página de destino e a dividiu pelo número total de entradas em seu site. Tão simples quanto parece.

Interpretando uma métrica de taxa de rejeição

É importante notar que uma taxa de rejeição pode ser equivocada se não souber como interpretá-la. Para esclarecer essa ação, você precisa entender que nem todas as altas taxas de rejeição são desagradáveis. Aqui está um cenário comum. Um site de blog abrangente com postagens muito longas pode apresentar altas taxas de rejeição. Mais frequentemente, um visitante lerá o primeiro parágrafo e sairá do site.

Normalmente, as páginas de baixa intenção terão altas taxas de rejeição, no entanto, elas acabam tendo leads de conversão excelentes. Por outro lado, se suas metas de negócios dependem de visitantes que executam uma ação ou visualizam mais de uma página, uma alta taxa de rejeição pode ser tão prejudicial para suas perspectivas de sucesso. Por exemplo, um comerciante de e-commerce precisa otimizar o site para impulsionar as vendas por uma margem impressionante.

Dependendo do tipo de tráfego que você está contando, você precisa colocar o Comportamento dos usuários na equação. É certamente uma estratégia significativa para interpretar a taxa de rejeição.

Além disso, o tipo de site que você tem no site pode influenciar o comportamento de um visitante. O que eu quero dizer? Suponha que seja um site de uma única página, a taxa de rejeição pode ser muito maior. E o oposto é realmente verdade.

Como alternativa, você pode acompanhar de perto a página de destino para ter uma melhor percepção da taxa de rejeição. Você precisa fazer alguns ajustes para atender às necessidades dos visitantes. Às vezes é muito chato ver um site cheio de anúncios e um que tenha imagens de baixa qualidade. Além disso, se o seu site não tem um elaborado 'call to action' para atrair seu público-alvo, esteja preparado para ser atingido por taxas de rejeição extremamente altas. O que parece funcionar bem, é adicionar um botão de assinatura ao seu site. Isso reduz enormemente as taxas de rejeição.

Falando do público-alvo, é imperativo verificar se seus canais de tráfego estão indo na direção certa. Conseguir o público errado é um rompedor de acordo, na medida em que não é possível atingir seus objetivos de negócio.

Taxa de rejeição vs. conversões

Então, vamos definir o registro em linha reta.

Desde o início, essas métricas parecem aparecer como duas variáveis ​​que levam a direções opostas simultaneamente, como, inversamente, são proporcionais. Mas eis o que é mais importante para qualquer leigo. Pense em uma taxa de rejeição como proxy, que indica se os objetivos da sua empresa vão se materializar ou não.

Tecnicamente, se você fizer algumas alterações em um lance para reduzir a taxa de rejeição, o resultado mais esperado é ver um aumento nos leads de conversão. Aqui está um ponteiro aguçado.

É prudente fazer comparações entre páginas que têm uma baixa taxa de rejeição para aquelas que têm uma alta taxa de rejeição. De fato, você entenderá algumas dicas das páginas com baixas taxas de rejeição.

Além disso, você precisa olhar para as suas origens de tráfego. Ao desenhar uma linha entre as que aumentam as taxas de rejeição e as que não aumentam, é um pacote inicial ideal para melhorar suas conversões.

Como reduzir as taxas de rejeição

Mais importante, você precisa lidar com números precisos calculando o tempo médio gasto pelos visitantes em seu site. Basicamente, há certas dinâmicas que você precisa saber antes de fazer qualquer modificação nas taxas de rejeição. Se parecer que sua página de destino recebe a maioria das conversões do que a página do seu blog, esse é um sinal que indica que é hora de melhorar a qualidade do conteúdo do seu website.

Como discutido anteriormente, um site de blog que atrai visitantes cuja única intenção é obter informações mostra uma taxa de rejeição 100% no Google Analytics. Isso não é necessariamente uma taxa de rejeição ruim, devido ao fato de que a maioria das sessões geralmente são visitas de página única.

Por esse motivo, não o consideramos como uma rejeição por si só, apesar de ser uma visita a uma única página, pois a meta principal é concentrar-se em conversões e não reduzir as taxas de rejeição.

Aqui está um exemplo.

Você pode estar se perguntando. Como vou conseguir o público certo? Bem, você pode aproveitar ao máximo Google Trends, uma ferramenta que ajuda o usuário a conhecer as palavras-chave pesquisadas mais populares. Por esse motivo, você precisa otimizar seu conteúdo para se classificar bem no Google. Do ponto de vista do SEO, vale a pena fazer algumas mudanças em seus backlinks e estratégias de marketing.

Por exemplo, você deve estar interessado em saber se a sua campanha de marketing por e-mail traz tráfego adequado para o seu site. De forma suficiente, você deve definir metas que sejam práticas e possam ser alcançadas. Ao fazer tentativas de observar seu desempenho, você precisa incorporar seus dados históricos para fazer expectativas realistas e sensatas.

Como você deve saber, ter várias páginas de destino, cada uma com conteúdo cativante, às vezes é uma abordagem exclusiva para reduzir as taxas de rejeição. Além disso, você deve ter uma página de destino que exiba uma chamada à ação (CTA) para que os visitantes permaneçam no site por muito mais tempo. Uma vez feito, você precisa criar uma meta descrição muito distinta para os usuários que usam constantemente o mecanismo de busca.

Da melhor maneira possível, o conteúdo de SEO deve ser bem organizado. Use marcadores e inclua manchetes de maneira metódica. Ter cabeçalhos e sub-títulos torna mais fácil para os visitantes navegar através do seu site. Para acabar com os jogos de adivinhação, você precisa criar um layout bem projetado.

Por que isso importa?

Vale a pena notar que um site deve ter uma alta capacidade de resposta e as páginas precisam ser carregadas rapidamente pelo uso de conteúdo multimídia de carregamento automático.

O que é taxa de rejeição: conclusão

Resumindo, é importante interpretar as taxas de rejeição de maneira intuitiva. Além disso, vale a pena distinguir entre uma boa e uma baixa taxa de rejeição. Em uma tentativa de fazer cálculos precisos, é sempre uma prática recomendada manter um controle de todas as ações que ocorrem em seu site nos bastidores.

Felizmente, o Google Analytics é competente o suficiente para ajudar você a obter a taxa de rejeição média. Além disso, você pode monitorar os canais de marketing que, em especial, trazem o tráfego certo em seu site. A longo prazo, você pode filtrar todas as técnicas que resultam em taxas de conversão mais altas.

É bastante óbvio que, na maioria dos cenários, uma alta taxa de rejeição pode agir como um obstáculo que impede a realização dos objetivos do seu negócio, exceto em sites de blog. No geral, você deve ter em mente que as taxas de rejeição tendem a medir o status de lucratividade das páginas de um website.

Torne-se um especialista em comércio eletrônico

Digite seu e-mail para começar a festa