O que é o Content Management System (CMS)?

Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS)

O que significa o Content Management System (CMS)?

Software usado para exibir, criar, publicar e manter conteúdo na World Wide Web a partir de uma única ferramenta ou interface de administração. Quando usado no varejo on-line, o CMS será usado para gerenciar o catálogo de produtos de uma loja. O WordPress é o CMS mais popular em uso na web, mas há outros, como o Drupal, o Joomla e até o Magento, que é ótimo para empresas de comércio eletrônico.

Um sistema de gerenciamento de conteúdo organizará e armazenará arquivos e fornecerá acesso a seus dados controlados por versão. Existem diversos sistemas de gerenciamento de conteúdo, sendo alguns relativamente simples e outros complexos e poderosos. Geralmente incluídos em um sistema de gerenciamento de conteúdo estão os recursos de gerenciamento de formato, publicação baseada na Web, indexação, controle de revisão, pesquisa e recuperação.

Como com qualquer outra coisa, os sistemas de gerenciamento de conteúdo vêm com prós e contras, que são os seguintes:

Prós CMS

  1. O design foi separado do conteúdo. A separação de conteúdo e design é talvez o maior benefício para usar um sistema de gerenciamento de conteúdo. Como o design e a funcionalidade são separados, qualquer um pode adicionar, editar e modificar documentos em um CMS sem ter qualquer conhecimento técnico.
  2. Capacidade de definir permissões de acesso. Em qualquer bom CMS, o administrador tem a capacidade de definir privilégios de acesso para cada usuário. Isso significa que você pode permitir que alguns usuários adicionem e editem conteúdo, outros possam publicar o conteúdo e outros ainda podem ter acesso universal. Essa capacidade de segmentar usuários adiciona segurança restringindo o acesso de determinados usuários.
  3. Atualizar um site que usa um CMS é rápido e sem esforço. À medida que o design do CMS evoluiu, tornou-se cada vez mais fácil modificar até mesmo os elementos de design do site simplesmente movendo ou atualizando áreas de rodapé, cabeçalho e widget.
  4. SEO amigável. Todos os principais CMSs são SEO friendly, o que permite que eles incluam metadados, títulos de páginas personalizadas e até URLs ajustáveis. A maioria também tem um grande número de plugins de terceiros que estão disponíveis para melhorar a otimização do seu site.
  5. Todas as opções populares do CMS são gratuitas, pelo menos para o framework básico. Você pode pagar mais por temas especializados ou por alguns plugins, mas em geral você pode usar qualquer um dos sistemas CMS mais populares completamente grátis.

CMS Contras

  1. Porque muitos sites usam os sistemas CMS populares, eles se tornaram um alvo para hackers que estão sempre procurando maneiras de invadir a plataforma para seus próprios fins nefastos. Esse risco pode ser atenuado, mantendo seu CMS e todos os plug-ins e temas atualizados e usando proteções de login, como a autenticação de dois fatores.
  2. Embora os temas tenham se tornado cada vez mais poderosos em termos do que pode ser feito sem qualquer conhecimento de codificação, você ainda pode encontrar problemas para exibir seu site exatamente da maneira que deseja. Um pouco de conhecimento sobre html, css e php pode ajudá-lo a superar esse problema, assim como contratar um profissional de web design experiente.
  3. A maneira como a maioria das plataformas CMS foram projetadas pode levar a alguns problemas de velocidade e atrasos, mas isso pode ser resolvido usando um bom plugin de cache.
  4. Embora existam milhares de plugins de terceiros disponíveis para plataformas CMS populares, pode não haver um que forneça a funcionalidade de que você precisa. Você pode contratar um programador para criar um plug-in personalizado para seu site que adicione essa funcionalidade, mas é melhor verificar isso antes de começar com qualquer plataforma CMS específica.
Torne-se um especialista em comércio eletrônico

Digite seu e-mail para começar a festa