O melhor guia para hospedagem em Magento

Magento é uma solução robusta no mundo do eCommerce. Muitos desenvolvedores e donos de lojas confiam no Magento para vender seus produtos online. Se você está entre esses usuários, você pode ter gastado algum tempo tentando descobrir a melhor solução de hospedagem possível para o seu negócio.

Embora os requisitos do Magento não sejam algo extraordinário, nem todo provedor de hospedagem pode executar uma instalação do Magento igualmente bem. Como tal, você precisa ter algumas considerações especiais em mente ao selecionar um provedor de hospedagem Magento para o seu site.

Neste artigo, discutiremos esses fatores, dicas e ideias que você deve conhecer em relação à hospedagem do Magento.

Começando com o Magento Hosting

Primeiro, vamos nos concentrar nas coisas óbvias e básicas. Independentemente do tamanho da sua loja Magento, o seu provedor de hospedagem deve oferecer os seguintes recursos.

Security

Verifique se o seu plano de hospedagem Magento vem com recursos de segurança próprios. Sim, você deve fazer todos os esforços para proteger e proteger seu site contra hackers. Mas em termos de segurança do servidor, a responsabilidade é do seu provedor de hospedagem Magento.

Essencialmente, seu provedor de hospedagem deve garantir que o servidor esteja executando o software mais recente (digamos, sistema operacional e painéis de controle). Além disso, também deve haver proteção contra DDoS, juntamente com uma estratégia decente de firewall e antimalware. Para começar, você pode fazer as seguintes perguntas ao seu provedor de hospedagem na Web para avaliar suas tentativas de segurança:

  • Você executa um verificador de vírus do lado do servidor?
  • Você oferece mecanismo de proteção contra DDoS? Se sim, isso está no nível do hardware ou no nível do software?
  • Você tem firewalls e Magento hospedando recursos de segurança relacionados? O melhor que você deve procurar é a capacidade de desativar ou módulos específicos do PHP (a maioria dos hosts da Web decentes oferecem isso sem nenhum custo extra).

Velocidade

Além disso, a velocidade é de extrema importância. Ninguém gosta de um site lento. Além disso, os sites Magento em si podem ser executados um pouco mais lentamente se não forem otimizados adequadamente. No entanto, é fácil passar a culpa para a configuração do site. E se o servidor de hospedagem em que você está estiver superlotado? É uma boa idéia optar por provedores de hospedagem que tenham cuidado extra para executar uma infraestrutura de última geração, de modo que o hardware nunca fique sobrecarregado ou demore a responder.

Pode ser uma boa ideia fazer o ping do IP do servidor em questão ou executar um traceroute nele. Isso ajudará você a verificar se há problemas de latência que possam afetar os tempos de carregamento da página. Além disso, você deve perguntar ao seu provedor de hospedagem Magento sobre qualquer mecanismo de cache do lado do servidor que esteja usando. Para ambientes de hospedagem Magento, o memCache ou o xCache são bastante populares. Observe que esse armazenamento em cache no servidor se aplica principalmente a ambientes de hospedagem compartilhados ou semi-dedicados. Geralmente é sua responsabilidade configurar uma solução de armazenamento em cache em servidores autogerenciados (embora seu host da Web possa orientá-lo sobre qual metodologia seguir nesse caso).

Compatibilidade

Certifique-se de olhar para os requisitos de hospedagem Magento e compare o mesmo com as especificações oferecidas pelo seu provedor de hospedagem. Antes de prosseguir, verifique a conformidade com PCI para garantir que sua loja Magento não enfrente problemas de conformidade indesejados.

Além disso, é uma escolha mais sensata olhar para o futuro. O PHP 5.x já está caindo em desgraça com mais e mais usuários fazendo a mudança para o PHP 7.x Na verdade, Magento 2.0 e superior recomendam PHP 7.0 ou superior de qualquer maneira. Portanto, verifique com seu provedor de hospedagem Magento se eles atendem às diretrizes de compatibilidade mais recentes.

Idealmente, você deve procurar pelo MySQL 5.6 ou superior, o Apache 2.x e o PHP 7.0 ou superior. Observe que, para servidores que não executam o Apache, mas dependem do NGINX ou LiteSpeed, os requisitos precisarão ser ajustados de acordo.

Suporte técnico

E quanto ao apoio? A internet não sai de férias. Nem o suporte técnico, porque as coisas costumam dar errado quando você menos espera. E se o seu site ficar offline em uma noite de sábado? Ou véspera de natal? Você esperaria encontrar alguma qualidade decente de suporte técnico do seu provedor de hospedagem Magento, não é? Assim, enquanto o suporte de faturamento e vendas pode esperar, o suporte técnico deve estar acessível mesmo em horários estranhos.

Agora, pode parecer um pouco demais pedir suporte 24 horas por dia se você estiver pagando apenas alguns dólares por mês pela hospedagem do Magento. Este é o lugar onde o ditado "você recebe o que você paga" entra em jogo. É um investimento muito inteligente pagar um pouco mais para receber suporte de qualidade a qualquer hora do dia que você possa precisar. Além disso, você não precisa insistir em bate-papo ao vivo e suporte por telefone - embora essas coisas sejam boas, o suporte técnico mais avançado geralmente é melhor servido por e-mail ou tickets, onde você pode compartilhar capturas de tela e descrever seu problema.

O melhor guia para hospedagem em Magento

Que tipo de hospedagem Magento você precisa?

As opções são muitas quando se trata de hospedagem Magento. Você pode optar por um pacote de hospedagem compartilhada simples ou ir para um servidor dedicado completo. Alternativamente, você pode escolher entre algo entre os dois.

Com base nos requisitos da sua loja Magento, você terá que escolher um plano de hospedagem Magento de acordo.

Hospedagem de sites

Em termos de hospedagem Magento, hospedagem compartilhada raramente tende a fazer bem. Isso ocorre porque, diferentemente do WordPress, que pode funcionar perfeitamente em um ambiente compartilhado, as lojas Magento podem frequentemente superar as alocações de memória compartilhada em um curto espaço de tempo.

Se você está apenas começando, um pacote compartilhado pode fazer o truque para você. No entanto, à medida que o número de produtos em seu site Magento aumenta, você verá que a hospedagem compartilhada é muito restritiva para atender às suas necessidades. Nesse caso, será uma boa ideia atualizar para um plano de hospedagem maior e mais poderoso.

Alguns provedores de hospedagem Magento oferecem uma solução de hospedagem semi-dedicada. Esses planos não são realmente dedicados - em vez disso, são planos de hospedagem compartilhada, mas com recursos de servidor maiores. Por exemplo, se o seu plano de hospedagem compartilhada estiver oferecendo 1 GB de RAM, e um servidor dedicado ou VPS vier com um mínimo de 4 GB de RAM, suas opções serão bem diretas. Mas e se a sua loja estiver consumindo apenas 1.5 GB de RAM? Nem o plano de hospedagem compartilhada é suficiente, nem você precisa de um servidor realmente dedicado.

Nesses casos, um plano compartilhado semi-dedicado ou superior que ofereça 2 GB de RAM (e, da mesma forma, maior alocação de outros recursos) pode fazer o truque para o seu site Magento.

Servidores dedicados

Um servidor de hospedagem dedicado, como o nome sugere, oferece todos os recursos para sua conta. Em outras palavras, você obtém acesso a todo o servidor e pode alocar recursos conforme suas necessidades. Tais soluções de hospedagem são frequentemente usadas apenas por sites Magento ou muito ocupados.

Para todos os efeitos práticos, uma instalação pequena ou média do Magento não precisará usar um servidor dedicado. Embora esses servidores forneçam muitos recursos e alocações de memória, você também precisa ter cuidado com as coisas, como segurança do servidor e atualizações. Muitas pessoas optam por provedores de hospedagem que cuidam do gerenciamento do servidor para eles, embora por uma taxa especial.

Se você acha que um servidor dedicado é um exagero para suas necessidades, e um pacote de hospedagem compartilhada é muito pequeno, um VPS é o que você pode estar olhando.

Servidores Privados Virtuais (VPS)

Um Virtual Private Server não é um servidor dedicado inteiro por si só. Em vez disso, é uma configuração de hospedagem que vem com uma camada de virtualização que permite que os administradores de sistema separem os recursos de um usuário do de outro. Em outras palavras, ao criar servidores virtuais em um servidor, o provedor de hospedagem na Web pode fornecer recursos melhores do que um ambiente de hospedagem compartilhada. Ao mesmo tempo, você não precisa pagar o alto preço de um servidor dedicado, já que está usando apenas uma parte virtual do servidor, não a coisa completa.

A maioria das soluções de hospedagem Magento tendem a pousar em algum lugar no suporte VPS. Isso se deve ao fato de que, se sua loja tiver mais do que alguns produtos, a hospedagem compartilhada não poderá fazer justiça a ela. Por outro lado, um servidor dedicado não é realmente necessário e pode ser uma grande dificuldade financeira. Nesses casos, um VPS pode ser simplesmente a solução perfeita de hospedagem do Magento. Você pode escolher a quantidade exata de espaço em disco, largura de banda e memória que você precisa. Além disso, à medida que a sua loja Magento cresce, o seu VPS também pode ser ampliado facilmente.

No entanto, os conceitos de segurança do servidor e atualizações de software também se aplicam ao VPS. É aqui que você precisa perguntar a si mesmo outra questão vital: gerenciada ou não?

Hospedagem Gerenciada ou Hospedagem Magento Não Gerenciada

A palavra “gerenciamento” aqui, para ser clara, não se refere ao gerenciamento de sua instalação ou loja Magento em si. Em vez disso, refere-se ao software real que está sendo executado na configuração de hospedagem da Web especificada. Digamos que você esteja executando um VPS com CloudLinux e cPanel para suas necessidades de hospedagem do Magento. Agora, o gerenciamento do servidor se referiria a garantir que o CloudLinux e o cPanel, bem como o servidor geral, estejam em boas condições. O site do Magento em si ainda será de sua responsabilidade.

Seu provedor de hospedagem Magento deve ser capaz de oferecer serviços de gerenciamento de servidor por uma taxa mensal. Alternativamente, você pode aumentar qualquer agência de gerenciamento de servidores para a mesma tarefa.

Por outro lado, se você for tecnicamente capaz ou não tiver o nível necessário de fundos para pagar pelos serviços de gerenciamento e tiver o tempo necessário para o trabalho, poderá gerenciar seu servidor por conta própria. No entanto, é importante notar que, enquanto a indústria de hospedagem usa o termo "não gerenciado", é basicamente e praticamente um servidor autogerenciado. Se você não levar a sério o gerenciamento do servidor e prestar menos atenção a ele, seu site corre o risco de ser comprometido, pois um software desatualizado pode representar uma ameaça à segurança dos seus dados.

Conclusão

Assim, agora aprendemos um acordo justo sobre hospedagem em Magento. Basicamente, precisamos ter o seguinte em mente ao optar por um pacote de hospedagem Magento:

  • Velocidade do servidor
  • Metodologia de Segurança
  • Software do sistema e compatibilidade com o Magento
  • Disponibilidade e qualidade do suporte técnico

Uma vez que consideramos tudo, também precisamos olhar para a natureza do plano de hospedagem que precisamos. Dependendo do tamanho da nossa loja Magento e da quantidade de tráfego que ela recebe, podemos optar por hospedagem compartilhada, semi-dedicada ou dedicada. Um VPS pode ser uma boa escolha se não quisermos investir em um servidor dedicado (ou não precisar de um), mas ter superado a hospedagem compartilhada.

Agora que aprendemos o que procurar na hospedagem Magento, só precisamos encontrar o provedor de hospedagem perfeito. BlueHost é um nome popular neste campo.

Qual host você usa para as necessidades de hospedagem do Magento? Compartilhe suas opiniões nos comentários abaixo!

Imagem em destaque

Sufyan bin Uzayr

Escritor; autor publicado; amante do café; desenvolvedor web; o cara atrás de Parakozm.