O que significa logística? Definição de Logística

O que é Logística? O que significa logística?

O termo “logística” aparece com bastante frequência no mundo dos negócios, mas nem todos entendem o que realmente significa.

Em termos gerais, Logística é:

A gestão de recursos ou produtos quando em armazenamento e trânsito. Em empreendimentos de comércio eletrônico, logística são os processos de envio de pedidos aos clientes ou de transporte de um estoque a um comerciante. O processo de logística mantém um controle da mercadoria em trânsito e até o ponto de entrega. A gestão de logística é a prática de localizar e identificar potencial de distribuição e empresas de transportee avaliando sua eficácia. Para a maioria das empresas, é mais econômico terceirizar a logística para uma empresa terceirizada especializada em transporte e armazenamento, e isso é especialmente verdadeiro para empreendimentos de comércio eletrônico.

A introdução da logística no Remessa de mercadorias significou uma diminuição acentuada de mercadorias que desaparecem em trânsito ou de motoristas de veículos que decidem fazer um desvio no caminho para o destino.

As embalagens podem ser localizadas em qualquer ponto da viagem graças ao equipamento do caminhão ou outro meio de transporte utilizado. Também melhorou os prazos de entrega, garantindo que os clientes tenham mercadorias e produtos quando precisam deles. O objetivo final da logística é mover mercadorias de um ponto da cadeia de abastecimento para o próximo da maneira mais rápida, eficiente e econômica possível.

A logística de negócios se transformou drasticamente desde os 1970s. As empresas de suprimentos e as cadeias de suprimentos tornaram-se cada vez mais complexas devido à ascensão das cadeias de fornecimento globais. Isso gerou a necessidade de especialistas em logística, conhecidos como logísticos. A complexidade da gestão da cadeia de suprimentos só aumentou com o boom da tecnologia à medida que o software foi desenvolvido, o que ajuda no movimento e rastreamento de mercadorias na cadeia de suprimentos. Embora o software ajude a mapear e rastrear rotas de navegação, também permitiu aumentar a complexidade nas cadeias de suprimentos.

Logística vs Gestão da Cadeia de Abastecimento

Como a logística, o transporte, as compras, o manuseio de materiais e outros processos de negócios continuaram a evoluir ao longo dos anos, eles se tornaram mais interconectados. As práticas de aquisição, armazenamento e ponto de origem associadas ao gerenciamento de suas mercadorias estão todas vinculadas de alguma forma. Como há tantas sobreposições, é fácil para as definições de certos termos começarem a se confundir também.

Gerenciamento da cadeia de suprimentos e Logística às vezes são usados ​​como termos intercambiáveis. No entanto, embora esses termos tenham alguns pontos em comum, eles não são a mesma coisa.

O gerenciamento da cadeia de suprimentos é um conceito abrangente que se refere aos processos que se conectam para garantir que você receba os produtos de que precisa até suas instalações de armazenamento e, em seguida, até o ponto de consumo com uma vantagem competitiva.

A logística se aplica à movimentação, gerenciamento e fluxo de mercadorias, serviços e informações em sua cadeia de suprimentos geral.

Definindo Logística e Cadeia de Abastecimento

O gerenciamento da cadeia de suprimentos refere-se à colaboração entre empresas que conectam clientes, fornecedores e outros parceiros como um meio de melhorar a eficiência e o valor para o cliente final. A Michigan State University afirma que o gerenciamento da cadeia de suprimentos é uma decisão estratégica em uma rede de distribuição. O gerenciamento adequado da cadeia de suprimentos estabelece o ambiente “operacional” onde começa a otimização das informações logísticas.

A logística, por outro lado, é um componente do processo da cadeia de suprimentos. Uma empresa de logística, por exemplo, planejaria, implementaria e administraria o movimento efetivo para frente e para trás de mercadorias e serviços. Examinando o ambiente de entrada e saída, o planejamento logístico considera as atividades entre o ponto de origem do produto e o ponto de consumo. O objetivo é garantir que você atenda às necessidades do seu cliente com a logística (e gestão de estoque) correta.

A logística como um conceito abrangente pode cobrir o transporte de mercadorias, armazenamento, embalagem e várias outras atividades que posicionam o estoque. O conceito começou na ciência militar, mas rapidamente se tornou comum também no mundo dos negócios. Quer você esteja terceirizando a logística ou gerenciando seu próprio sistema, o objetivo é o mesmo.

A logística garante que seu cliente receba o produto que deseja no momento certo, de acordo com as demandas corretas de preço e qualidade. Logística de saída e de entrada fazem parte da consideração. Enquanto a logística de entrada cobre coisas como a obtenção de matérias-primas para um produto, a logística de saída vai além da compra inicial e armazenamento de mercadorias. A logística de saída considera a distribuição ao cliente, incluindo atendimento de pedidos, gerenciamento de estoque, embalagem e envio.

Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos trabalham juntos?

Embora não sejam a mesma coisa, o gerenciamento da cadeia de suprimentos e os processos de logística compartilham informações e objetivos relacionados. As duas soluções se complementam para garantir que os produtos se movam perfeitamente através do armazenamento, para um distribuidor e centro de distribuição, para finalmente chegar ao destino final.

De acordo com as definições da Wikipedia e de outros sites, a logística não pode existir sem o gerenciamento da cadeia de suprimentos e vice-versa. Notavelmente, o gerenciamento da cadeia de suprimentos é uma forma de vincular processos dentro de um negócio ou rede de empresas em um modelo que gera uma vantagem para o negócio e para o usuário final. Logística se refere ao fluxo de mercadorias e serviços ou informações que entram e saem de uma organização, desde a contratação e compra de uma empilhadeira até o uso de um distribuidor nos Estados Unidos.

Enquanto o foco principal do SCM é obter uma vantagem competitiva, a logística tem tudo a ver com a satisfação do cliente. O termo “logística” já existe há muito tempo, enquanto a cadeia de suprimentos é relativamente nova, mas ambos estarão sempre conectados em seus processos de negócios.

Componentes de Logística

Para entender completamente como os varejistas usam a logística e o que ela significa, vale a pena considerar alguns dos componentes que costumam estar envolvidos na jornada logística. Por exemplo:

  • Transporte de entrada: Refere-se às atividades realizadas para trazer itens ou suprimentos específicos para uma empresa, geralmente de um fornecedor ou fabricante. Pode envolver todos os aspectos de envio e movimentação de equipamentos para um depósito.
  • Transporte de ida: São os meios de transporte utilizados para atender aos pedidos em seu site ou solicitados por seus clientes. O transporte de saída envolve envio e manuseio em várias partes do mundo.
  • Armazenagem: Refere-se simplesmente à forma como você organiza os suprimentos e equipamentos de que dispõe para atender seus clientes em seus depósitos ou depósitos fornecidos por terceiros. Também explica como os itens são gerenciados e organizados em um depósito.
  • Gestão de frota: Gerenciamento de frota ou gerenciamento de veículos (como sinônimo) geralmente se refere aos serviços de transporte que você usa para transporte de entrada e saída. Também pode envolver ferramentas e software usados ​​para melhorar a eficiência na cadeia de abastecimento.
  • Manuseio de materiais: Este é o movimento, armazenamento seguro e gerenciamento de materiais em todas as partes de fabricação, distribuição e consumo do varejo. Pode incluir vários aspectos da preparação de produtos para entrega ao cliente, bem como embalagem.
  • Cumprimento da ordem: Atendimento de pedido é um termo amplo que se refere ao processo que uma empresa usa para fazer chegar mercadorias e produtos ao usuário final. O atendimento do pedido começa com um cliente fazendo um pedido e termina quando o produto chega à sua porta.
  • Gestão de inventário: Esta é a tecnologia e as estratégias que as empresas usam para rastrear o estoque que vendem e processam em todas as partes da cadeia de suprimentos. O inventário pode incluir embalagens, máquinas, frotas, equipamentos e os próprios produtos. Ferramentas de gerenciamento de estoque ajudam a rastrear estoque e suprimentos.
  • Planejamento de demanda: Este é um tipo de estratégia de planejamento preditivo que envolve o uso de tecnologia e informações históricas para a previsão de vendas. O objetivo é prever o tipo de demanda que você pode receber por produtos em determinados momentos, para que você não precise se preocupar em ter menos estoque do que realmente precisa. O planejamento da demanda também garante que você não tenha um excedente de estoque que não possa movimentar.

Por que a logística é importante?

Então, o que torna a logística tão valiosa?

A resposta simples é que é uma solução para ajudar as empresas a planejar um crescimento realista e sustentável. Não importa o tamanho da sua empresa ou o setor em que trabalha, você sempre terá a ambição de crescer e se expandir. A logística ajuda você a manter esse crescimento, sem ter que lidar com custos excessivos e processos ineficientes.

Como parte da cadeia de suprimentos, a logística pode tornar a gestão do seu negócio muito mais fácil. As cadeias de suprimentos costumam ser muito complexas e sensíveis, pois dependem das mudanças nas demandas do ciclo de vida do cliente. Por causa disso, uma cadeia de suprimentos muitas vezes terá dificuldade para entregar alto valor se não for organizada de forma eficaz. A logística ajuda a melhorar a cadeia de abastecimento, diminuindo o desperdício de materiais e tempo.

Com a Logística, as empresas podem:

  • Crie um valor adicional: A logística pode ajudar os varejistas a criar valor adicional, garantindo que eles tenham a qualidade e a quantidade certa de seus produtos disponíveis para entrega aos clientes. Logística significa que você pode gerenciar todo o seu negócio com mais eficácia.
  • Melhore a eficiência: À medida que o comércio global se torna mais popular, a logística está emergindo como uma parte crucial das cadeias de suprimentos, reduzindo custos por meio de parcerias eficazes com outras empresas e fornecedores.
  • Economizar: Se você tem uma estratégia de logística bem gerenciada, há menos risco de que algo dê errado e possa custar-lhe dinheiro adicional.
  • Ofereça melhores experiências ao cliente: A logística garante que os clientes recebam os itens que desejam com a qualidade que esperam. Com uma logística melhor organizada, as empresas podem responder rapidamente às necessidades dos clientes.
  • Melhore a reputação da marca: A logística mostra que seus processos de negócios estão resolvidos de maneira adequada, para que possa entregar o tipo de resultados surpreendentes que seu cliente espera. O resultado geralmente é uma imagem de marca melhor e mais vendas.

Clientes satisfeitos são cruciais para qualquer negócio. Eles são o que mantém sua empresa operando da melhor maneira e garante que você possa continuar a ter lucro. Criar clientes satisfeitos não significa apenas encontrar o preço certo para seus itens ou fornecer ótimos recursos. Você também deve considerar como pode entregar com eficácia as melhores experiências ao seu público-alvo. É aí que entra a logística e o gerenciamento da cadeia de suprimentos.

Agora que você sabe mais sobre como a logística funciona, pode criar o tipo de experiências incríveis que seu público espera. O resultado deve ser melhores vendas, mais lucros e um negócio em crescimento.

Torne-se um especialista em comércio eletrônico

Digite seu e-mail para começar a festa