6 Estratégias incríveis de canais omni que você pode usar para sua loja

Você já encontrou a chance de se mudar para o mundo da venda omnichannel?

Provavelmente você tem.

Mesmo que não pareça.

Uma loja física de hardware que vende um punhado de itens online reflete a experiência omnichannel. O mesmo vale para construir um site ou trazer um celular ponto de venda para uma exposição comercial ou feira de artesanato.

A Amazon e o Walmart atualmente estão competindo em uma das batalhas omnichannel mais prolíficas que já vimos, com a tentativa da Amazon de criar livrarias físicas e o Walmart lutando para oferecer aos compradores on-line o benefício de retornos rápidos e pickups de sua rede de lojas físicas.

Quando você possui uma loja online ou de varejo, a questão não é se você vai implementar estratégias omni-channel.

A questão é quando.

Sim:

Parece intimidador no começo, mas é assim que o mundo do varejo está indo, com exemplos como o Bonobos colocando roupas em uma loja de varejo, e então enviando camisas e calças pelo correio.

A boa notícia é que, embora o marketing omnichannel possa parecer assustador para um negócio menor, os dividendos são recompensados ​​quando você começa a rolar - com empresas que adotam estratégias omnichannel vendo 91% maiores taxas de retenção de clientes.

Portanto, todas as empresas podem se beneficiar do uso do omnichannel, e é por isso que queremos delinear várias estratégias omnichannel usadas por marcas conhecidas.

Dessa forma, você pode implementar um plano e ter sua própria abordagem com alguma orientação ao longo do caminho.

1. Permitir compras flexíveis - Zumiez

estratégias de canal omni

Vamos encarar:

Os clientes são meticulosos com a maneira como querem comprar produtos. Uma pessoa lhe dirá que não comprará uma peça de roupa antes de experimentá-la primeiro, enquanto seu gêmeo idêntico não se importa com a ideia de fazer pedidos on-line, tentar alguma coisa e enviá-la de volta se não couber .

Algumas pessoas preferem pegar ou devolver um item a uma loja, enquanto outras não podem imaginar entrar em um local físico após o surgimento do comércio eletrônico.

Vestuário varejista A Zumiez percebeu que nem todos os seus clientes são iguais, por isso, implementou uma experiência no site para oferecer várias opções de compra.

Por exemplo, um usuário pode colocar um item em sua sacola e optar por pegá-lo na loja ou enviá-lo para sua casa. Os clientes podem comprar em todos os canais disponíveis na Zumiez, e isso inclui a capacidade de enviar de uma loja para outra.

Como adotar esta estratégia OmniChannel para o seu próprio negócio

Depende do plataforma de comércio eletrônico sendo usado, mas uma grande variedade de recursos de coleta de loja pode ser encontrada em algumas plataformas.

Dito isto:

Você também pode instalar plugins como o WooCommerce Extensão Local Pickup Plus, que oferece coleta para qualquer produto em qualquer local.

Quanto ao Shopify, o App Store Pickup + Entrega é uma solução viável.

2. Entregue a experiência do Omni Channel com um programa de recompensas interativas por meio de um aplicativo - Starbucks

Um programa de recompensas faz parte da experiência omnichannel, considerando que um cliente só vai usar o programa de recompensas se puder verificar o saldo com facilidade, pagar pelo aplicativo e usá-lo em todos os canais.

A Starbucks sabe disso muito bem, já que a experiência de recompensas é perfeitamente integrada em todos os canais que possui. O aplicativo de recompensas Starbucks permite aos usuários uma chance de verificar e recarregar seus saldos em seus telefones.

Todas essas informações são atualizadas no sistema da Starbucks, portanto, se uma pessoa adicionasse seu saldo dois minutos antes de ir para uma Starbucks, ainda assim seria capaz de usá-la.

As recompensas ganhas são adicionadas imediatamente ao aplicativo, e o cliente pode pagar com um cartão de recompensas físicas ou com o aplicativo.

Bacana, hein?

Como adotar essa estratégia omni-channel para o seu próprio negócio

Cada plug-in de recompensas tem funcionalidade variada, mas os mais conceituados fazem um bom trabalho de atualização em tempo real e permitem que os clientes gastem suas recompensas em todos os canais.

para WooCommercegostamos do Extensão de pontos e recompensas do WooCommerce ou a Pontos de Recompensa do SUMO. o App Smile.io funciona muito bem para o Shopify.

3. Deixe os clientes pegarem de onde pararam - Crate & Barrel

Como profissional de comércio eletrônico, você deve pressupor que os clientes começarão a comprar em um dispositivo (como um computador) e continuarão comprando em outro lugar (como em um telefone).

Por isso, faz sentido seguir o exemplo da Crate & Barrel salvando as informações do carrinho de compras no perfil do cliente.

Isso também se aplica ao registro de presentes Crate and Barrel, em que a versão do dispositivo móvel do registro é atualizada em tempo real e o destinatário dos presentes pode gerenciar seu registro de qualquer dispositivo sem problemas.

Como adotar essa estratégia omni-channel para o seu próprio negócio

Às vezes, uma experiência perfeita como Crate & Barrel leva algum tipo de codificação personalizada com um aplicativo. No entanto, muitas plataformas de comércio eletrônico têm essa funcionalidade integrada com a ajuda de sites responsivos, contanto que o cliente faça login em sua conta no novo dispositivo.

4. Combinando Expertise Personalizada Com Compras Online - Estratégia de Marketing Omni Channel da Bonobos

Parece estranho que o Bonobos seja agora propriedade do Walmart, mas o foco geral na experiência omnichannel ainda permanece.

Na 2012, a Bonobos fez uma parceria com a Nordstrom, trocando seus conhecimentos em branding e e-mail marketing para as lojas venderem suas roupas.

No entanto, as lojas Bonobos não tinham a mesma estratégia que você encontraria na maioria das butiques de moda masculina. A Bonobos criou o que chama de "guideshops", onde os clientes entram nas lojas e experimentam itens, tocam e comparam.

Mas nenhuma das roupas é trazida para casa pelo cliente. Em vez disso, as pessoas escolhem o que querem comprar e fazem a compra on-line. Então, o pacote é enviado para a porta deles.

Isso reduz os custos de estoque e de operações, sem sacrificar a experiência pessoal e a capacidade de os clientes avaliarem os produtos antes de comprar.

Como adotar essa estratégia omni-channel para o seu próprio negócio

Não muitos outros varejistas aperfeiçoaram essa estratégia omnichannel proposta pela Bonobos.

No entanto, é totalmente possível para os varejistas físicos expandirem-se para a arena on-line, utilizando as lojas físicas atuais. O mesmo vale para as lojas on-line, especialmente porque você não precisa abrir uma enorme loja de varejo com uma quantidade enorme de estoque.

5. Outra estratégia do canal Omni: ofereça tecnologia à força de trabalho física - REI

A REI é uma daquelas marcas raras que tem obtido grande sucesso tanto on-line quanto em suas lojas. Uma das razões é a experiência amigável que você adquire ao entrar em uma loja da REI, mas também tem a ver com o fato de a empresa ter feito um excelente trabalho ao mesclar a experiência on-line com a física.

Sobre 75% de compradores da REI Dê uma olhada no site da REI antes de entrar em uma loja. Isso mostra que os clientes valorizam a capacidade de filtrar preços e detalhes antes de tocar nos produtos.

A REI quer que seus associados tenham sempre a vantagem da internet sobre eles. Portanto, a empresa equipou todos os associados de vendas com dispositivos móveis, ao mesmo tempo em que oferece acesso sem fio a clientes que desejam concluir suas próprias pesquisas enquanto estão na loja.

Por que isso é tão importante? Porque, embora os associados sejam treinados para ajudar, eles não são páreo para a quantidade de informações no site da REI.

Como adotar essa estratégia omni-channel para o seu próprio negócio

Este só se aplica a empresas com lojas de varejo, mas é simples de colocar em ação.

Certifique-se de que sua loja on-line é fácil de navegar e treinar seus associados a navegar rapidamente pelo site para encontrar as melhores respostas perguntas do cliente. Depois disso, invista em alguns dispositivos para seus associados.

6. Definir um ponto de partida diferente - Valor City Furniture

Considere isto:

Não seria legal se você pudesse escolher começar suas compras em casa (no computador) ou na loja?

É exatamente isso que a Value City Furniture faz com o Easy Pass.

O que é ótimo sobre o Easy Pass é que faz todo o sentido para um varejista de móveis.

Por quê?

Como o estoque não é barato, os clientes querem fazer suas pesquisas. Eles não vão fazer um impulso de compra.

Portanto, um cliente pode optar por começar a fazer compras on-line ou na loja. Se eles seguirem o caminho on-line, uma lista de desejos é formada e pode ser retirada por um representante de vendas na loja. Tudo o que é necessário é um endereço de e-mail para o representante mostrá-lo em sua própria tela.

Como adotar essa estratégia omni-channel para o seu próprio negócio

Novamente, essa estratégia é mais adequada para proprietários de lojas com pontos de venda físicos.

E a funcionalidade exata provavelmente precisará de desenvolvimento personalizado, mas um bom lugar para começar é com uma lista de desejos como Wishlist Plus. Dessa forma, um cliente pode criar uma lista de desejos on-line e compartilhá-la com um associado na loja.

Qual é a sua próxima estratégia Omni Channel?

Como mencionamos anteriormente, não é uma questão de se você for buscar uma experiência omnichannel, mas sim quando.

Portanto, é importante começar com uma estratégia que se adapte à sua marca atual.

Você tem lojas de varejo? Em caso afirmativo, por que não tentar dar aos seus funcionários iPads ou reduzir o estoque e agir como um showroom?

Você está apenas executando um loja on-line? Em seguida, considere formas de permitir compras flexíveis ou até mesmo abrir uma pequena loja de varejo para as pessoas verem os produtos.

Se você tiver alguma dúvida sobre essas estratégias omnichannel, informe-nos na seção de comentários abaixo.


Recurso Imagem por Damian Kidd

Joe Warnimont

Joe Warnimont é um escritor freelancer que cria ferramentas e recursos para ajudar outros escritores a se tornarem mais produtivos e comercializarem seu trabalho.